Em busca de um barranco bem localizado.

Construir uma parede e derrubá-la. Desviar sigilosamente um rio para dentro do mercado. Escavar a plateia na encosta de um terreno baldio. Erigir Ruínas ou tornar Sáfaro?  Alterar fisionomia do terreno. Trote do pedreiro. Ruínas das obras do PAC. Promover uma enxurrada. Não temos um projeto. Não temos desenho. Por que desperdiçar tantos tijolos em uma encenação? Perna-de-pau como máquina de tortura.

Debate: Arte e Novas Tecnologias

Artistas e pesquisadores de diversas linguagens tentam refletir sobre a produção contemporânea e os paradigmas da relação arte/tecnologia, a criação de um nicho de mercado em torno desse binômio e as mistificações em torno do tema. 



o assassino das miniaturas

adequar o crime ao projeto: o projeto ao crime







adequar o projeto ao crime: o crime ao projeto